Curiosidades e tudo que você sempre quis saber...


Para entender a história... é uma publicação técnico-científica on-line independente brasileira, indexada pelo IBICT, Latindex, CNEN e LivRe; no ar desde sexta-feira 13 de Agosto de 2010.
Não possui fins lucrativos, seu objetivo é disseminar e difundir o conhecimento através de artigos com qualidade acadêmica e rigor cientifico, mas linguagem acessível ao grande publico.

Periodicidade: Semestral (edições em julho e dezembro) a partir do inicio do ano de 2013.
Mensal entre 13 de agosto de 2010 e 31 de dezembro de 2012.

Livros com preços promocionais a partir de 4,99.

sábado, 1 de janeiro de 2011

Editorial - Balanço do ano de 2010 - Para entender a história...

Para entender a história... ISSN 2179-4111. Ano 2, Volume jan., Série 01/01, 2011, p.01-03.


A publicação ainda é jovem, não completou nem um ano de vida, mais precisamente tem pouco mais de quatro meses.
Foi iniciada como um blog e se tornou uma publicação técnico-cientifica on-line, depois que recebeu o numero de ISSN 2179-4111, ganhando status e reconhecimento como publicação cientifica em novembro.

Começou timidamente em 13 de agosto de 2010, uma emblemática sexta-feira treze, recebendo apenas 563 visitas em seu primeiro mês de vida, publicando na ocasião 19 textos – 18 artigos e 1 editorial.
Em setembro, surpreendentemente, o numero de visitas subiu para 10.001 visualizações, quando foram publicados 27 textos – 26 artigos e 1 editorial.
Em outubro nova surpresa, foram 15.342 visitantes, sendo publicados 9 textos – 7 artigos e 2 editoriais.
Mas foi em novembro que a publicação atingiu o pico de visitas no ano, simplesmente 26.177 visualizações, contrapondo-se aos 7 textos publicados – 6 artigos e 1 editorial.
Mesmo em dezembro, período em que a maioria das pessoas está ocupada com outras atividades e as festas de final de ano, “Para entender a história...” recebeu 11.358 visitantes, publicando 7 textos – 6 artigos e 1 editorial.



Assim, no ano de 2010, segundo dados do Google, o periódico totalizou 63.441 visitas em exatos quatro meses e dezenove dias de vida, publicando 70 textos – 63 artigos e 7 editoriais.

Estes artigos percorrem 114 assuntos diferentes, entrecruzando em temáticas múltiplas, conforme catalogação por palavras-chave.
Embora pessoas de mais de 70 países tenham visitado os textos, as visualizações mais freqüentes partiram respectivamente do Brasil (54.471), Portugal (7.011), Estados Unidos (435), França (129), Espanha (117), Grã-Bretanha (81), Angola (62), Alemanha (56), Cabo Verde (46) e México (43).

Os artigos mais visitados foram: A Revolução Francesa foi causada pela fome! (6.362); A passagem da antiguidade para o feudalismo (4.573); A organização social do Alto Império Romano (2.778); História indígena na América Portuguesa (2.701); A vida privada entre escravos africanos no Brasil (2.473); Intelectuais, pensamento social e educação (2.300); Três Arquivos Portugueses (1.688); História e Poder (1.599); Reflexões acerca do inicio da utilização da mão de escrava africana (1.451); e Chica da Silva (1.413).
Segundo dados do Google, o trafego de visitas a publicação partiu principalmente das seguintes páginas e buscadores: www.google.com.br (36.363); www.google.pt (5.206); www.google.com (1.663); images.google.com (439); search.conduit.com (201); images.google.com.br (89); www.orkut.com.br (83); sga.claretiano.edu.br (75); search.babylon.com (60); e www.google.fr (58).
As palavras pesquisadas mais recorrentes que conduziram os leitores a publicação foram: chica da silva (56); jacques le goff (38); a política colonizadora na America (17); torre do tombo (11); região e espacialidade (10); feudalismo (09); e iluminismo (07).
Dados que demonstram que a maioria dos leitores se tornaram assíduos e, tendo chegado até a publicação uma vez, passaram a vista-la diretamente, dirigindo-se ao endereço eletrônico ao invés de buscá-lo por palavras-chave ou utilizar outro site para acessá-lo.

As visualizações por navegador mais recorrentes foram registradas a partir dos seguintes sistemas: Internet Explorer (34.059 - 53%); Firefox (14.534 - 22%); Chrome (13.648 - 21%); Safari (807 - 1%); Opera (174 - 1%); Chromeframe (81 - 1%); Konqueror (41 - 1%); Java (40 - 1%); Iceweasel (20 - 1%); e Jakarta Commons-HttpClient (18 - 1%).
Enquanto os sistemas operacionais mais usados pelos leitores foram: Windows (60.759 - 95%); Unix (1.744 - 2%); Macintosh (820 - 1%); Linux (44 - 1%); iPhone (30 - 1%); iPad (17 - 1%); Playstation (10 - 1%); Nokia (8 - 1%); e BlackBerry (5 - 1%).

Neste ano de 2011 manteremos a mesma periodicidade regular de publicações de artigos e editorias, sempre zelando pela qualidade do texto e facilitação do acesso, como fizemos em 2010.

Agradecemos os leitores, desejando uma boa leitura e um bom inicio de 2011.

Forte Abraço:
Prof. Dr. Fábio Pestana Ramos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esteja a vontade para debater idéias e sugerir novos temas.
Forte abraço.
Prof. Dr. Fábio Pestana Ramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.